O gaveteiro procurou a AMMRS em setembro de 2014 para obter informações de como proceder para solicitar a cobertura do saldo devedor pelo seguro por óbito do mutuário titular. Devido a imensa burocracia para reunir  todos os documentos, certidões e laudos médicos, o gaveteiro optou por  se associar a AMMRS, a fim de que assumíssemos  o assunto junto ao agente financeiro.

O contrato de financiamento foi firmado em agosto de 1990 e possuía saldo devedor de aproximadamente R$ 166 mil.

Na ocasião, a AMMRS realizou todo o procedimento administrativo necessário junto ao agente financeiro para a formalização do requerimento da utilização do seguro.  Contudo, não obteve resposta do mesmo.

Diante da omissão do agente financeiro, a AMMRS ingressou com ação judicial para a quitação do saldo devedor pelo seguro (R$ 166 mil), recebendo o termo de liberação de hipoteca e entregando-o  ao associado, sem que precisasse pagar o saldo devedor.

Processo n° 5048401-11.2015.4.04.7100

Se você possui alguma dúvida em relação ao seu contrato habitacional, não deixe de entrar em contato