A Mutuária procurou a AMMRS em janeiro de 2013, com o leilão do seu imóvel já com data marcada.   Através do Judiciário, conseguimos a suspensão do leilão do imóvel durante o processo,  utilizando o contrato de gaveta firmado em maio de 1996 para interpor a ação.

Após ingresso de ação judicial, a Mutuária obteve sucesso total na demanda, conseguindo a prescrição da dívida e, conseqüentemente, o termo de liberação da hipoteca e, ainda, lhe foram devolvidos  valores que haviam sido pagos durante o processo. 

Processo n° 5001330-81.2013.404.7100

Se você possui alguma dúvida em relação ao seu contrato habitacional, não deixe de entrar em contato

Zuneida Silva Pereira