O mutuário assinou seu contrato de financiamento em setembro de 1981. Em 2006, foi ao agente financeiro para obter a quitação do seu contrato em virtude da lei 10.150/00 (lei federal que quitou todos os contratos assinados até 30/12/1987 com FCVS) e, mesmo preenchido todos os requisitos para obter a quitação antecipada, o banco continuava a cobrar as prestações e não liberava a hipoteca.

Diante da resposta negativa do agente financeiro e inconformado, o mutuário procurou a AMMRS para solucionar o problema. Após ingressarmos na justiça, conseguimos a quitação antecipada  do contrato de financiamento, liberação da hipoteca e o banco foi condenado a devolver valores cobrados a maior durante o período do financiamento.

Processo n° 50236356420104047100