O mutuário procurou a AMMRS após saber que seu imóvel havia sido adjudicado pelo banco em dezembro/2016.  Diante da retomada do imóvel, seu contrato foi extinto e, consequentemente, ocorreu a perda da propriedade.

Após a AMMRS ingressar com ação judicial, buscando todas as alternativas jurídicas, assim como administrativas, conseguimos, através de audiência de conciliação na Justiça Federal, concretizar um ótimo acordo entre o mutuário e o agente financeiro, fazendo com que o imóvel voltasse para o mutuário, saindo do rol de imóveis retomados pelo banco.

Por se tratar de uma situação muito complexa, cujo mutuário já havia perdido seu imóvel, nós da AMMRS, consideramos este resultado uma vitória muito importante, que poderá abrir novas possibilidades para casos semelhantes!

Processo n° 5038244-08.2017.4.04.7100

Se você possui alguma dúvida em relação ao seu contrato habitacional, não deixe de entrar em contato